• Francisco Dominguez

4 passos para uma seleção assertiva

Por Francisco Dominguez





Muitas vezes pensamos que fazer a seleção de um profissional é fácil, mas não é bem assim.


É importante lembrarmos que estamos mexendo com a vida de pessoas, são vários atores envolvidos, o candidato, o líder da área a equipe de trabalho.


Ter a pessoa certa no lugar certo deve ser o principal objetivo do processo.


Passo 1 - Antes de iniciar o processo procure se cercar de informações para ser assertivo na escolha dos candidatos:


1. Conheça bem o perfil do líder da área e dos membros da equipe

2. Converse com o líder sobre o que ele espera do candidato, investigue conhecimentos e comportamentos esperados

3. Explore com o líder o que a pessoa irá fazer, os desafios e as dificuldades do cargo.

4. Compare sua entrevista com o líder com a descrição do cargo se estiver atualizada.

5. Fique atento à cultura e valores da empresa, principalmente se for uma consultoria externa.


Passo 2 - Inicie o processo com:


1. Elabore um perfil da vaga claro e objetivo e publique.

2. Use uma plataforma de fácil acesso para que o candidato se inscreva.

3. Pesquise candidatos em sites de seleção

4. Use sua rede de contatos, é sempre bom receber indicações.


Passo 3 - Realizando a seleção:


1. Invista numa seleção humanizada – Cuidado e respeito pelo candidato são importantes.

2. Conduza a entrevista – mas ouça mais do que fale.

3. Explore com o candidato o porquê ele se interessou pela vaga

4. Procure fazer um alinhamento entre os valores do candidato e da empresa.

5. Observe características e postura do candidato, não adianta selecionar alguém muito informal para uma empresa conservadora e vice-versa.

6. Fique atento a comunicação verbal e especialmente a não verbal.

7. Explore os conhecimentos e as experiências anteriores.

8. Inove na entrevista, você pode pedir para o candidato lhe contar a história da vida dele.

9. Faça uma avaliação de perfil e cruze os dados do candidato com o perfil do cargo.


Passo 4 – A escolha:


Lembre-se o candidato irá trabalhar com o líder da área e não com o selecionador, envolva o líder no processo como um todo, você tem o papel de influenciá-lo para uma escolha assertiva e deve fazer isso, mas a palavra final deve ser a do líder.


Afinal, é o líder quem irá dedicar seu tempo, sua presença, experiência e ser exemplo para seu novo liderado.


Conhecimentos, formação e experiências são importantes num processo de seleção, mas o mais importante é o alinhamento dos valores do candidato com os valores e cultura da empresa. Conhecimento técnico se consegue transmitir, mas os valores, o caráter, é parte da essência da pessoa.


Quer saber mais?

O Instituto Planos pode lhe ajudar a escolher o candidato ideal para sua empresa, pois acreditamos que Pessoas certas no lugar certo fazem toda a diferença!







24 visualizações0 comentário